SETE DICAS PARA PASSAR NA PROVA PSM I – 2020

Recentemente obtive minha certificação PSM I da Scrum.org. Nessa jornada, identifiquei diversos pontos importantes que acabei compilando em 7 dicas principais. Espero que elas sejam relevantes e ajudem aqueles que tem o objetivo de passar na prova.

Inicialmente, vale ressaltar que a prova é baseada na versão do Scrum Guide 2020. O guia sofreu algumas alterações em relação à versão anterior, caso queira verificar estão neste artigo.

Agora, vamos às dicas:

1.0 – Estabeleça uma data target para a prova: Determine uma data limite para a realização da prova. Se possível já compre o voucher na Scrum.org. Esta ação reforça o seu comprometimento com o objetivo e fará com que você não procrastine.

No meu caso, realizei um curso oficial da Scrum.org. Este curso traz diversos benefícios, como a qualidade do material, formato de ensino, além de fornecer dois vouchers para a realização da prova. Caso não passe na primeira tentativa, terá uma segunda chance.

Na minha jornada o curso foi fundamental, mas existem diversos cursos de Scrum no mercado que preparam para a prova PSM I.

Mas você também pode estudar de forma independente e realizar a prova sem apoio adicional, se assim decidir.

2.0 – Crie uma rotina semanal de estudos: Escolha um horário apropriado que seja produtivo para estudar e mantenha uma rotina. Não são necessárias muitas horas diárias mas com qualidade.

Comece pela leitura do Scrum Guide. Leia  quantas vezes forem necessárias para que você de fato entenda os detalhes de cada estrutura.

Não recomendo procurar material adicional, isto trará complexidade desnecessária aos seus estudos e poderá inclusive confundi-lo.

3.0 – Aprender é melhor que decorar: Não estabeleça como objetivo somente a aprovação na prova de certificação PSM I. Talvez esta não seja uma boa estratégia para o êxito.

Entenda como cada parte da estrutura do framework funciona e tente conectá-las à sua realidade. Com isso, você conseguirá entender melhor a aplicabilidade dos artefatos, eventos e papéis do Scrum e como eles podem ajudá-lo a atingir seus objetivos e gerar valor em suas entregas.

A certificação deve ser uma consequência natural do seu aprendizado.

4.0 – Simulados: Cuidado com simulados desatualizados ou de procedência duvidosa. Escolha um simulado consistente.

A Scrum.org fornece o open assessment , que mesmo contendo somente 30 perguntas, fornecem uma boa base para que você se habitue com a dinâmica da prova.

Existem alguns simulados disponíveis no mercado, mas confesso que para minha prova não os utilizei.

Segue alguns:

  • Mplaza
    Também muito recomendado, o MPlaza é um ótimo simulado pago, o custo é 27 euros.
  • Mlapshin
    Outro muito útil, é o Simulado free, o comentário é que as questões são bem similares às da prova.
  • Scrum Study
    Além disso, a prova Scrum Fundamentals Certified é gratuita, você pode usar como preparação para a PSM I e já possuir essa certificação
  • Scrum Academy
    Outra opção é a realização da prova de International Scrum Master Foundation é free, após aprovado você pode pagar U$ 29,00 para adquirir a certificação.

4.1 – Cuidado com o Piloto Automático: A medida que você realiza muitas vezes um mesmo simulado, algumas respostas tornam-se automáticas. Isto é natural principalmente quando se decora e pode se tornar uma armadilha.

Tome cuidado com este vício pois pode trazer a falsa sensação de que você está preparado, quando na verdade pode não estar.  

Procure ler e entender o que está sendo pedido nas perguntas, isto irá aguçar seu senso analítico e será fundamental para a prova.  

4.2 – Entenda porquê errou: Anote todas as questões com respostas erradas. Verifique no Scrum Guide e entenda o porque preencheu errado.

4.3 – Fator confiança: Alguns especialistas dizem que se conseguir 100% nos simulados três vezes consecutivas e se tiver lido e entendido o Scrum Guide, então pode ir para a prova.

Eu prefiro apostar no fator confiança. Você saberá o momento em que estará    preparado para a prova. Portanto, somente realize o exame quando estiver com seu “tanque de confiança” cheio. Caso contrário é melhor estudar mais.

5.0 – Plugin tradução: Caso decidir realizar a prova com o plugin de tradução do Google, instale previamente e realize todos os simulados com ele. Isto ajudará na sua preparação, pois muitas perguntas quando traduzidas literalmente dificultam um pouco o entendimento. Habitue-se a esse formato caso decida realizar a prova em português.

6.0 – Preparação para a prova: A preparação é fundamental.

Algumas dicas:

6.1 – Escolha o lugar e horário adequado. Combine as regras do jogo com a sua família para que durante a prova não ocorram interrupções. Uma dica é escolher horários alternativos na sua rotina. Quando realizei a prova, decidi fazê-la de madrugada, bem cedo.

Por dois motivos:

  • Meu cérebro trabalha melhor pela manhã.
  • Este é um horário de maior silêncio.  

No seu caso pode ser diferente, mas lembre-se de que concentração e foco são fundamentais.

6.2 – Evite ler ou estudar sobre o tema no dia que antecede a prova. Coloque seu   cérebro em “modo descanso”. Não será um dia que irá fazê-lo passar na prova, a preparação deve ter ocorrido previamente.

Cuide de seu bem estar, alimente-se bem, durma adequadamente e evite ficar ansioso.

6.3 – Ergonomia. Uma hora não parece muito tempo, mas quando você está focado em uma prova complexa, qualquer mal-estar pode tirar a sua concentração. Escolha uma cadeira confortável, com posicionamento correto e ajuste seu computador para o seu campo de visão.  

Deixe tudo pronto para que você consiga se sentir bem durante a prova.

7.0 – Durante a prova: Ao iniciar a prova, considere alguns pontos importantes:

7.1 – Fator tempo: Você terá tempo suficiente para realizar a prova, mas tenha em mente que de forma objetiva são 75 segundos para responder cada questão. Obviamente as questões mais fáceis poderão ser respondidas rapidamente, entretanto, para algumas perguntas será necessário despender um tempo de análise maior.

A dica aqui é: não se perca pelo caminho!

Se você estiver demorando muito em determinada questão, simplesmente marque-a para revisar no final.

Algumas vezes durante a prova a “ficha cai” na medida que outras perguntas forem sendo respondidas e se você perder muito tempo analisando uma questão em particular, pode não dar tempo.

Abaixo, a imagem com exemplo de marcação durante a prova:

As questões marcadas para revisão ficam disponíveis no link “Veja todas as questões” para que você revise no final da prova.

7.3 – Questões situacionais: A prova PSM oficial apresenta muitas questões situacionais ou hipotéticas, do formato: “Você é um Scrum Master de um time novo…”.

Prepare-se para este tipo de pergunta!

É claro que existem muitas perguntas sobre o framework Scrum que são bastante óbvias, mas posso afirmar sem sombra de dúvidas que não são a maioria. Ken Schwaber quer justamente entender a sua compreensão do Scrum na prática.

7.4 – Atenção com o enunciado: Outro ponto importante é tomar cuidado com o enunciado de questões como, por exemplo: “marque a alternativa incorreta”. Pode parecer óbvio, mas errei muitas questões em simulados por não ter atenção no enunciado.

7.5 – Cuidado com as múltiplas escolhas: Outro ponto é a quantidade de alternativas de múltipla escolha, como por exemplo, marque as “3” alternativas corretas. Supondo que você marque somente duas, terá somente parte da questão computada.

7.6 – Saiba abstrair a informação: Muitas questões possuem um enunciado bastante extenso com um ou dois parágrafos, por exemplo. Geralmente a informação do que realmente está sendo pedido fica no máximo em uma linha, portanto, saiba abstrair o que está sendo pedido rapidamente. Com isso ganhará tempo.

Os simulados o ajudarão a exercitar este tipo de questão.

Por fim, espero que estas sete dicas os ajudem a obter a sua certificação.

Peço que deixem seus comentários e fico à disposição caso queiram entrar em contato.

Boa sorte!!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *