Mudança – O Gatilho do Desenvolvimento

 Mudar, está diretamente ligado a experiências que você teve e/ou aos fatos que te comprovaram a necessidade de sua mudança. Mudar não o torna um fracasso ou uma pessoa sem palavra, mas sim alguém mais sábio e calejado.

 

 Será que é necessário mudar depois que dediquei horas de trabalho? Depois que planejei todas minhas atividades? Depois que criei um backlog incrível com todas as necessidades de meus clientes? Depois de ter dedicado horas de conversas, análises, avaliações e decisões? MAS BEM CAPAZ!!

 

Crenças e princípios

 

 A pior mudança era aquela repentina. Aquela que eu não havia previsto ou mapeado que poderia acontecer. Era difícil absorver e compreendê-las. Me sentia tão derrotado e culpado vendo horas de dedicação se indo, como num fluxo contínuo de um rio. Não percebia o quão rico essa mudança poderia contribuir em diversas frentes. Dedicava horas planejando de forma milimétrica cada passo que deveria realizar, achando que teria o controle total de todas as circunstâncias. Comando e controle total. O mais incrível é que acreditava que o melhor formato era o oposto do que estava fazendo. Mas por quais motivos eu agia de uma forma que era contra meus princípios?

 

 Fomos ensinados que mudar tem relação próxima com o medo. O medo nos limita em avançarmos por caminhos que não planejamos, criando barreiras, crenças, impedimentos, desculpas inexistentes e acredite, também está relacionado à preocupação com julgamentos.

 

Mindset Fixo vs Mindset de Crescimento

 

 Esses pensamentos são claros em pessoas com o Mindset Fixo, conforme Carol Dweck deixa nas entrelinhas de seu livro Mindset – A nova psicologia do sucesso (Confira aqui). Depois que li este livro, percebi que há uma tríade do sucesso: aprendizado – esforço – aperfeiçoamento; quando ela entra no jogo, mudanças são inevitáveis e daremos ênfase em nosso progresso. Pessoas com o Mindset de Crescimento cultivam qualidades básicas. Dentre elas encarar uma mudança como um desafio e um aprendizado, para fazer diferente e melhor do que antes.

 

 Meses antes desta leitura, tomei uma decisão importante, troquei de emprego sem perspectiva alguma. Logo fui recolocado no mercado, talvez um brasileiro privilegiado (UFA rsrs). Achei que o medo de mudanças não seriam mais um fator na minha carreira, mas logo percebi que ainda precisava percorrer um caminho para controlá-lo, pois visava sempre a perfeição imediata. Essa leitura veio em um momento chave da minha vida. Foi a cereja do bolo!

 

 Me desliguei daquele mundo imaginário do perfeito, e fui para o feito. Do extremamente planejado, para o que é prioridade e a maior dor. Da entrega final, para entrega contínua. Do máximo para o mínimo viável.

 

 Mas sempre controlando aquele medo de mudar. Hoje pivotar é algo comum no meu dia-a-dia. Acordo todos os dias querendo mudar. Lembra da tríade do sucesso? É mudando que aprendo, que me esforço e que me aperfeiçoo.

 

E você? Está preparado para mudar?

 

Aqui um agradecimento especial; acredito que a sinceridade e o respeito são alma de todos os relacionamentos. Paulo, Leandro e Rodrigo, vocês já ganharam meu máximo respeito e a minha sinceridade absoluta do meu sentimento de gratidão. Muito obrigado pelo convite de participar deste time e desta jornada incrível.

English EN Portuguese PT Spanish ES
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *